Trabalho Infantil

Escrito em 03/06/2021
Trabalho infantil ainda é realidade para 1,7 milhão de crianças e adolescentes no Brasil

A Fundação Abrinq, desde a sua criação, em 1990, chama a atenção da sociedade para os prejuízos a que estão sujeitos nossas crianças e os adolescentes em razão do início precoce no mercado de trabalho – muitas vezes em condições insalubres e perigosas, o que é proibido por lei. Criada pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), em 2002, a campanha do 12 de Junho – Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil visa alertar a população para o problema e mobilizar a todos para o enfrentamento do trabalho infantil. 

Escrito em 15/02/2021
Fundação Abrinq lança um novo programa para combater a violência e o trabalho infantil

O Brasil vem conquistando grandes avanços em relação à garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes nos últimos anos, no entanto, ainda assim milhares de crianças e adolescentes precisam enfrentar grandes obstáculos para conseguirem usufruir de seus direitos. 

Escrito em 23/11/2020
 Mãe solteira, Elizabete e os filhos trabalhavam em uma feira livre para sobreviver

Localizada no município de Paulista (PE), a Associação Santa Clara, uma das organizações sociais conveniadas à Fundação Abrinq, por meio do Programa Nossas Crianças, oferece atendimento para a efetivação dos direitos e da promoção da qualidade de vida das crianças e dos adolescentes, promovendo a inclusão social e a conquista da cidadania, bem como, o resgate da autoestima e o acesso à cultura e a educação.

Escrito em 19/02/2020
Neste Carnaval, não deixe o trabalho infantil comemorar

Todos os anos, milhões de crianças e adolescentes são expostos ao trabalho infantil no Brasil. Segundo dados mais recentes da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), mais de 2,3 milhões de crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos encontram-se nesta situação. 

Em períodos festivos, como o Carnaval que se aproxima, o problema pode se agravar ainda mais. Com as aglomerações, as possibilidades de presenciar crianças trabalhando aumentam, sendo necessário redobrar a atenção. 

Escrito em 18/12/2019
Empresas realizam ações sociais e beneficiam crianças em todo Brasil

O ano de 2019 foi marcado por grandes ações sociais desenvolvidas pelas Empresas Amigas da Criança. A Toy Company Diversões e a Special Dog fizeram a diferença na vida de centenas de crianças, que foram beneficiadas com atividades voltadas para a primeira infância. Os exemplos de boas práticas são amplamente fortalecidos com a parceria da Fundação Abrinq, que oferece apoio técnico para desenvolver ações sociais e qualificar o investimento social privado voltado a esse público. 

Escrito em 12/11/2019
Encontro Anual das Empresas Amigas da Criança debate o cenário da responsabilidade social empresarial no Brasil

No final de outubro, a Fundação Abrinq realizou o Encontro Anual das Empresas Amigas da Criança, no espaço da Brasilprev, em São Paulo (SP). O encontro, exclusivo para empresas do Programa Empresa Amiga da Criança, iniciou com as boas-vindas do presidente da Fundação Abrinq, Synésio Batista da Costa, e do gerente executivo, Victor Alcântara da Graça, que lançou a nova campanha da organização.

Escrito em 21/06/2019
Evento Aprendizagem: um caminho possível

No dia 12 de junho, a Fundação Abrinq realizou o evento Aprendizagem: um caminho possível, em São Paulo (SP), para marcar o Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil. A ação durou a manhã inteira e retratou como a Lei da Aprendizagem pode ser um caminho alternativo para combater o trabalho infantil, que atualmente atinge mais de 2,5 milhões de crianças e adolescentes no Brasil.

Escrito em 26/09/2018
Rayula: Uma menina que batalhou para mudar de vida

Rayula nunca vai se esquecer de quando era criança. Desde os seus nove anos, seus pais precisavam passar a semana ou até meses fora de casa para trabalhar e, assim, não deixar que coisas básicas faltassem na rotina da família.

Escrito em 10/08/2018
Sonhos roubados pelo Trabalho Infantil

Com pouco mais de 30 mil habitantes, Minas Novas é uma cidade localizada no interior de Minas Gerais. No estado, mais de 320 mil crianças e adolescentes trabalham. Em Minas Novas não seria diferente. A cidade sofre com diversos tipos de trabalho infantil, os mais comuns são o doméstico e o rural, mas é possível encontrar crianças vendendo diversos produtos nas ruas, desde picolés até panos de chão.

Escrito em 09/11/2017
Fundação Abrinq debate a importância da educação de qualidade para erradicar o Trabalho Infantil

Eles trabalham em casa, no comércio, na agricultura e até mesmo na construção civil. Esta é a realidade de mais de 2,6 milhões¹ de crianças e adolescentes que, por trabalharem, não possuem o direito de brincar, estudar e se desenvolver. 

O trabalho infantil reforça o ciclo da pobreza: crianças fora da escola não possuem oportunidades dignas de se preparar para o futuro.