Trabalho Infantil

Escrito em 12/11/2019
Encontro Anual das Empresas Amigas da Criança debate o cenário da responsabilidade social empresarial no Brasil

No final de outubro, a Fundação Abrinq realizou o Encontro Anual das Empresas Amigas da Criança, no espaço da Brasilprev, em São Paulo. O encontro, exclusivo para empresas do Programa Empresa Amiga da Criança, iniciou com as boas-vindas do presidente da Fundação Abrinq, Synésio Batista da Costa, e do gerente executivo, Victor Alcântara da Graça, que lançou a nova campanha da organização.

Escrito em 21/06/2019
Evento Aprendizagem: um caminho possível

No dia 12 de junho, a Fundação Abrinq realizou o evento Aprendizagem: um caminho possível, em São Paulo (SP), para marcar o Dia Mundial Contra o Trabalho Infantil. A ação durou a manhã inteira e retratou como a Lei da Aprendizagem pode ser um caminho alternativo para combater o trabalho infantil, que atualmente atinge mais de 2,5 milhões de crianças e adolescentes no Brasil.

Escrito em 26/09/2018
Rayula: Uma menina que batalhou para mudar de vida

Rayula nunca vai se esquecer de quando era criança. Desde os seus nove anos, seus pais precisavam passar a semana ou até meses fora de casa para trabalhar e, assim, não deixar que coisas básicas faltassem na rotina da família.

Escrito em 10/08/2018
Sonhos roubados pelo Trabalho Infantil

Com pouco mais de 30 mil habitantes, Minas Novas é uma cidade localizada no interior de Minas Gerais. No estado, mais de 320 mil crianças e adolescentes trabalham. Em Minas Novas não seria diferente. A cidade sofre com diversos tipos de trabalho infantil, os mais comuns são o doméstico e o rural, mas é possível encontrar crianças vendendo diversos produtos nas ruas, desde picolés até panos de chão.

Escrito em 09/11/2017
Fundação Abrinq debate a importância da educação de qualidade para erradicar o Trabalho Infantil

Eles trabalham em casa, no comércio, na agricultura e até mesmo na construção civil. Esta é a realidade de mais de 2,6 milhões¹ de crianças e adolescentes que, por trabalharem, não possuem o direito de brincar, estudar e se desenvolver. 

O trabalho infantil reforça o ciclo da pobreza: crianças fora da escola não possuem oportunidades dignas de se preparar para o futuro.

Escrito em 14/07/2017
Fundação Abrinq promove reflexão sobre trabalho infantil em região agrícola

O Sul é região com a maior concentração de trabalho infantil proporcional ao número de crianças e adolescentes entre 5 e 17 anos. A Fundação Abrinq, que tem como bandeira o combate ao trabalho infantil, reuniu mais de 70 educadores das cidades agrícolas de Holambra (SP), Espumoso (RS) e Campos Novos (SC) para uma formação sobre o Trabalho Infantil e Direitos da Criança e do Adolescente.