Notícias

Fundação Abrinq promove a Feira Brincando Comciências, em São Bernardo do Campo

30/11/2018
Fundação Abrinq Promove a Feira Brincando Comciências, em São Bernardo do Campo

No último dia 12, a Fundação Abrinq, em parceria com a BASF e a Secretaria de Educação de São Bernardo do Campo, realizou a Feira Brincando Comciências. O evento, voltado para crianças, professores e gestores participantes do Projeto Brincando Comciências, teve como objetivo apresentar as vivências e experiências mais significativas surgidas a partir da iniciativa. Realizada em São Bernardo do Campo, a feira contou com apresentações de teatro e exposições por parte dos alunos que integram o projeto.

“Como podemos ver hoje, o projeto foi um sucesso. Para a BASF, é muito gratificante apoiar uma iniciativa que traz benefícios reais e causa um movimento no município. A feira é uma concretização de tudo que vimos acontecer durante o ano”, diz Fabiana Nunes, consultora de comunicação da BASF S.A.

O projeto Brincando Comciências foi apoiado em 2018 pelo edital BASF Conectar para Transformar, que faz parte da estratégia de engajamento social da empresa e visa ampliar o seu impacto positivo ao conectar a resolução de desafios sociais à estratégia de negócios.

“O projeto é de extrema importância para as crianças e educadores, pois inova as práticas pedagógicas e fomenta a educação científica e ambiental. A Basf ciente da sua responsabilidade social investe de forma assertiva na comunidade do entorno, contribuindo com a qualidade da educação desde a primeira infância”, comenta Denise Cesario, gerente executiva da Fundação Abrinq.

Com o intuito de incentivar aprendizagens relacionadas ao raciocínio lógico (matemático) e cientifico (ciências naturais) para alunos da pré-escola, com idade entre 4 e 5 anos, o projeto realizou 8 encontros de formação para 32 professores e gestores de 8 escolas de educação de São Bernardo do Campo.

“Me inscrevi na formação porque sempre gosto de atualizar minhas práticas e era uma área (matemática) que tinha uma certa defasagem. Cada formação que a Fundação Abrinq trazia, eu colocava em prática com os alunos e os pais”, afirma Iara Vieira, professora da EMEB Tereza Delta, homenageada durante o evento pelo seu desempenho no processo formativo do projeto.

Além de participar das formações, como forma de ajudar a disseminar o conhecimento adquirido, a professora trabalhou as práticas educativas em conjunto com outros profissionais da sua escola e com a comunidade. “Eu participei da formação junto com a professora Iara, que desenvolveu esse projeto na escola de uma forma espetacular e muito ampla, envolvendo a todos: professores, alunos e também os pais, por meio de jogos e brincadeiras. Foi muito bacana”, reconhece Kátia Cilene Rodrigues, vice-diretora da EMEB Tereza Delta.

Desde seu início, em março deste ano, o Projeto Brincando Comciências ampliou os recursos de fomento a educação científica e ambiental das escolas de educação infantil, por meio da doação de kits de ciências e raciocínio lógico, incentivou e acompanhou a disseminação de práticas educativas das formações que foram replicadas nas escolas junto a 2.118 crianças e famílias.

“Foi muito interessante porque as crianças puderam aprimorar os seus saberes a partir daquilo que eu aprimorei como professora. Todos os jogos e brincadeiras que aprendi com a Fundação, levei para a sala de aula e reuniões com os pais. O objetivo era que eles brincassem e observassem o que poderiam aprender com a brincadeira. E eles não imaginavam que em uma brincadeira, pudessem aprender tantas coisas”, completa a professora.

Clique aqui e confira as fotos da Feira Brincando Comciências.

Tags

Acompanhe a Fundação Abrinq nas redes sociais