01/12/2017

FUNDAÇÃO ABRINQ ENGAJA EMPRESAS AMIGAS DA CRIANÇA DA REGIÃO SUDESTE

FUNDAÇÃO ABRINQ ENGAJA EMPRESAS AMIGAS DA CRIANÇA DA REGIÃO SUDESTE

No dia 23 de novembro, a Fundação Abrinq promoveu o 4º encontro entre Empresas Amigas da Criança da região sudeste.

Com a presença do consultor Fábio Ribas, o evento, que aconteceu em São Paulo, retratou a importância das doações incentivadas aos Fundos dos Direitos da Criança e do Adolescente, divulgando a publicação da Fundação Abrinq. As empresas Amigas da Criança Santander e ArcelorMittal apresentaram os projetos que desenvolvem para mobilizar os colaboradores a fazerem doações incentivadas, estimulando as demais empresas.  

“Eventos como esse são importantes para medirmos o quanto, de fato, estamos fazendo em benefício das crianças e adolescentes. Além de firmar novas parcerias para que possamos estar melhorando a forma de conduzir e tratar do assunto”, explica o analista de responsabilidade social da MSC, Cláudio de Oliveira.

O encontro engajou as empresas presentes mostrando o quanto as ações delas fazem a diferença na vida de milhares de crianças e adolescentes. 

Foram entregues diplomas de reconhecimento para todas as empresas participantes:

  • Akio;
  • ArcelorMittal Brasil;
  • Ascende Treinamentos e Desenvolvimento Comportamental S/S Ltda;
  • Banco Santander S/A;
  • Breton;
  • Central Nacional Unimed;
  • Copagaz;
  • Dinamo Engenharia;
  • Gráficos Sangar Ltda;
  • Grupo Meta RH;
  • HJ Santa Fé Comercial e Agrícola Ltda;
  • Input Center Informática Ltda;
  • JSL S/A;
  • Liquigás Distribuidora S.A.;
  • LSLOG Armazenagem e Logística Ltda;
  • MSC Mediterranean Logística Ltda;
  • MSC Mediterranean Shipping do Brasil Ltda;
  • Nestlé;
  • Parque Beto Carrero World;
  • Podium Alimentos;
  • Prima;
  • Sucocítrico Cutrale Ltda;
  • Surya Brasil;
  • S2IT;
  • Unire Desenvolvimento Humano;
  • Usina Açucareira São Manoel SA;
  • Zoom Education for Life.

“Eu acredito que esses encontros trazem uma energia nova, promovem debates e fazem com que olhemos para o futuro com algum otimismo”, comenta Jerónimo Ramos, superintendente de sustentabilidade do Banco Santander.