Fortalecimento da Rede Estratégia ODS

Fortalecer a Estratégia ODS como rede de referência na articulação multisetorial, para ampliar a participação e incidência da sociedade civil, do setor privado, de governos municipais e da academia na implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e da Agenda 2030 no Brasil, como foco na redução das desigualdades de gênero, geracional e étnico-racial.

www.estrategiaods.org.br

Agenda Pública: 11 3487-2526 | Fundação Abrinq: 11 3848-4853

O Projeto de Fortalecimento da Rede Estratégia ODS, coordenado pela Fundação Abrinq, em parceria com a Agenda Pública e a Frente Nacional de Prefeitos (FNP), e financiamento da União Europeia, tem como objetivo ampliar e qualificar a capacidade de articulação, mobilização e incidência política em favor dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) no Brasil, além de engajar e conscientizar atores-chave da sociedade a respeito de seu papel e dos esforços necessários para que o cumprimento da Agenda 2030 no país seja bem-sucedido. Sua atuação está focada em quatro principais atividades:

  • Consolidar a estrutura de governança, capilaridade e representatividade da Estratégia ODS em todo território nacional, consolidando sua atuação como rede multissetorial;
  • Ampliar e qualificar o debate nacional sobre os ODS e a Agenda 2030, por meio de ações de comunicação, incidência em espaços estratégicos e mecanismos colaborativos de monitoramento dos progressos nacionais;
  • Apoiar a implementação subnacional dos ODS e da Agenda 2030, por meio do desenvolvimento de metodologias e ferramentas para construção de soluções locais e inovadoras e incidência junto aos atores estratégicos;
  • Capacitar e subsidiar organizações e movimentos representativos de grupos vulneráveis, com foco prioritário na redução das desigualdades de gênero, geracional e étnico-racial.

Grupos-alvo: Organizações da Estratégia ODS e outras OSCs que passem a compor a rede; gestores públicos nas esferas federal, estadual e municipal; representantes do setor privado e membros da academia.

Beneficiários finais: Governos locais, organizações da sociedade civil, setor privado, academia, grupos vulneráveis foco da proposta e a população brasileira em geral.

Sobre a Rede Estratégia ODS:

A Estratégia ODS é uma coalizão de organizações com atuação reconhecida no país, representando a sociedade civil, o setor privado e os governos locais, com o propósito de mobilizar, discutir e propor meios de implementação para os ODS, que contemplem medidas efetivas para a obtenção de avanços nas diferentes dimensões que compõem essa agenda. Para isso, tem como objetivos:

  • Promover avaliações críticas sobre o processo de implementação dos ODS;
  • Conscientizar atores-chave sobre a necessidade de promover esforços para atingir as metas da Agenda 2030;
  • Articular atores-chave do setor privado e de governos municipais para qualificar sua atuação;
  • Incidir sobre a adaptação das metas e indicadores para o contexto brasileiro, buscando avanços reais;
  • Ampliar e qualificar o debate público sobre a implementação dos ODS no Brasil.

Organizações que compõem o Comitê Gestor da Estratégia ODS:

Agenda Pública – www.agendapublica.org.br

Centro de Estudos em Sustentabilidade (FGVces) – www.gvces.com.br

Frente Nacional de Prefeitos (FNP) – www.fnp.org.br

Fundação Abrinq – www.fadc.org.br    

Fundação Avina – www.avina.net/por/

Grupo de Institutos Fundações e Empresas (Gife) – www.gife.org.br

Instituto Ethos – www.ethos.org.br

Rede brasil do Pacto Global – https://www.pactoglobal.org.br/

Programa Cidades Sustentáveis – https://www.cidadessustentaveis.org.br/inicial/home