NOTÍCIAS

17

Novembro

MARCELO, 15, NÃO SORRIA. ELE TINHA VERGONHA DO SEU DENTE QUEBRADO…

Por June Hellen Sant’Ana Marques

Um adolescente introvertido, que não sorria. É assim que a dentista voluntária Daniella Cristina Gaio descrevia Marcelo, um adolescente de apenas 15 anos e com grandes dificuldades de socializar. O motivo? Ele tinha vergonha do seu sorriso, seu dente da frente era quebrado.

Por meio da 

10

Novembro

CRIANÇAS DO JARDIM ÂNGELA (SP) GANHAM CHUTEIRAS DA UMBRO

Por June Hellen Sant’Ana Marques

A marca de artigos esportivos Umbro realizou sua primeira ação social em parceria com a Fundação Abrinq. Para incentivar a prática esportiva, foram doadas chuteiras novas para 135 crianças e adolescentes, meninos e meninas, atendidos pela organização social Sociedade Santos Mártires (SP).

Durante a entrega, as crianças ficaram muito empolgadas, pedindo ajuda para amarrar o

09

Novembro

CRIANÇAS APRENDEM SOBRE ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL EM AÇÃO DESENVOLVIDA PELA FUNDAÇÃO ABRINQ E DANONE

Por June Hellen Sant’Ana Marques

Mais de 300 crianças das creches CEI Parque Ipê e CEI Jardim Umuarama, em São Paulo, participaram de uma ação desenvolvida pela Fundação Abrinq e Danone com o objetivo de promover a alimentação saudável.

A iniciativa foi realizada em dois dias (4 e 19 de outubr

09

Novembro

FUNDAÇÃO ABRINQ CELEBRA RESULTADOS DOS 10 ANOS DO PROGRAMA CRECHE PARA TODAS AS CRIANÇAS

Por June Hellen Sant’Ana Marques

Criado em 2007, o Programa Creche para Todas as Crianças, da Fundação Abrinq, completou 10 anos em outubro. Desde sua criação, a iniciativa já impactou mais de 50 mil crianças, promovendo a ampliação de vagas e a melhoria da qualidade da educação e do atendimento em creches.

09

Novembro

FUNDAÇÃO ABRINQ DEBATE A IMPORTÂNCIA DA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE PARA ERRADICAR O TRABALHO INFANTIL

Por June Hellen Sant’Ana Marques

Eles trabalham em casa, no comércio, na agricultura e até mesmo na construção civil. Esta é a realidade de mais de 2,6 milhões¹ de crianças e adolescentes que, por trabalharem, não possuem o direito de brincar, estudar e se desenvolver. 

O trabalho infantil reforça o ciclo da pobreza: crianças fora da escola não possuem oportunidades dignas de se preparar para o futu

Pesquisar

Newsletter

Cadastre seu e-mail abaixo e receba nossos boletins eletrônicos.



 

@FundacaoAbrinq